01/06/2010

PMDB acusa Anastasia (PSDB-MG) de propaganda antecipada

O PMDB entrou com uma representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), nesta segunda-feira (31), contra o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), pré-candidato à reeleição, por suposta propaganda eleitoral antecipada.

O partido quer que o governador seja penalizado pela declaração “Queremos demonstrar o que ainda podemos e vamos fazer por Minas Gerais”.

Segundo a representação, a declaração refere-se ao convênio firmado pelo governo mineiro que garante o repasse de R$ 118 milhões a 154 prefeituras e foi anunciado em uma solenidade no Palácio Tiradentes, no último dia 27.

O PMDB, cujo pré-candidato ao governo do Estado é o ex-Ministro das Comunicações Hélio Costa, pede a aplicação de multa por propaganda na internet e pede a concessão de liminar para que a notícia do repasse seja retirado do site do governo.

Na semana passada, o PSDB conseguiu impedir a veiculalção de propaganda partidária eleitoral do PMDB em uma videoaula dos peemedebistas que seria transmitida, na segunda-feira (31), para correligionários em 500 cidades mineiras.

Uol Notícias