23/09/2011

Polícia registra, no Serra Negra, 16ª morte violenta em Patrocínio

A Polícia Militar registrou na tarde desta sexta-feira (23) a 16ª morte violenta em Patrocínio.

A vítima foi Leones Martins Castro Silva, 21 anos. Ele foi encontrado sem vida em uma extensão de terra arada próximo a um loteamento ao lado do bairro Serra Negra. A perícia constatou que Leones levou dois tiros, um na cabeça e outro na perna.

A PM não sabe os motivos do assassinato, mas informou que o autor já foi identificado. Leones, suspeito de ser autor de vários assaltos na região, teria deixado a Penitenciária Regional na quinta-feira (22).

CRONOLOGIA DAS MORTES VIOLENTAS EM PATROCÍNIO

Março
1 – 20/03 – Eduardo José dos Santos, 22 anos, vítima de esfaqueamento no bairro Olimpio Nunes.

Abril
2 – 02/04 – O corpo Paulo Marcio dos Reis Ferreira, 35 anos, o cantor Paulinho Mineiro, foi encontrado em avançado estado de decomposição em uma plantação de café na MG 188 que liga Patrocínio a Coromandel.

3 – 16/04 – Fabiano Pereira Bitas, 19 anos, o ‘Fabianinho’, foi executado com 4 tiros em um supermercado localizado na Avenida Marciano Pires, Bairro Matinha.

4 – 26/04 – O comerciante Jair João Soares, 61 anos, também conhecido como ‘Jair do Radiador’, foi assassinado em sua residência, no centro da cidade.

Maio
5 – 22/05 – Osmar Adauto dos Santos, 39 anos, natural de Cruz Oeste/PR discutiu com um ‘parceiro’ durante um jogo de sinuca e foi morto com 5 tiros.

Junho
6 – 09/06 – Valdir Pedro Dias, de 39 anos, dado como desaparecido, foi encontrado enterrado em um lote vago na Antônio José da Cunha, no bairro Serra Negra. O corpo apresentava marcas de violência.

Julho
7 – 09/07 – Willian Cardoso da Silva, 19 anos. Ele foi executado na Rua Miguel Coelho Marra no Bairro Serra Negra.

8 – 09/07 – Wilson Alves de Paula, 53 anos, morto com dois tiros, durante assalto a uma fazenda em Chapadão de Ferro.

9 – 26/07 –O corpo de Miriam Pires Passos foi encontrado em avançado estado de decomposição as margens da BR 365, aproximadamente 100 metros do trevo do posto Rota do Sol, sentido Patos de Minas, em meio ao cerrado.

10 – 27/07 – Ueverton Alves, alvejado com oito tiros na Rua Francisco Firmino de Souza, no Bairro Serra Negra. O crime foi cometido por dois indivíduos.

11 – 27/07 – Fernando Henrique Oliveira, 17 anos, foi esfaqueado e em seguida os agressores colocaram seu corpo entre pneus e atearam fogo. Com 98% do seu corpo queimado, ele morreu em Uberlândia.

Agosto
12 – 05/08 – Sérgio Andrade Cordeiro, 31 anos, foi executado em um bar na Praça da Matriz, há cerca de 100 metros da casa do atual prefeito e onde a movimentação de pessoas, mormente jovens, aumenta significativamente nos finais de semana.

13 – 06/08 Cleonice Soares Barbosa foi atingida por 24 facadas em sua residência, no Bairro Enéas e morreu no local.

Setembro
14 – 02/09 – Marcos Mendes Almada, o ‘Malagoli’, como era conhecido, 34 anos, velho conhecido da Polícia Militar, foi abatido a tiros no Bairro Enéas.

15 – 17/09 – Joel Mario dos Santos Lima, 24 anos, não resistiu a um tiro na cabeça e morreu. Joel era suspeito de envolvimento na morte de um comerciante no ano passado no bairro São Benedito durante um assalto.

16 – 23/09 – Leones Martins Castro Silva, 21 anos, sem vida em uma extensão de terra arada próximo a um loteamento ao lado do bairro Serra Negra. A perícia constatou que ele levou dois tiros, um na cabeça e outro na perna.