15/12/2009

Prefeitura licita apenas 300 cestas básicas no comércio local

A novela da entrega das cestas básicas aos funcionários municipais ativos, inativos e pensionistas, em obediência as Lei Municipais 2.872/95, de 7 de dezembro de 1995 e 3.848/05, de 19 de abril de 2005, (ambas de autoria do ex-prefeito JulElias) não deverá terminar tão cedo.

Segundo alguns supermercadistas locais, o governo 23 está licitando a compra de apenas 300 cestas básicas para este final de ano. A informação é que esse número seria apenas e tão somente para a entrega do benefício aos aposentados e pensionistas, “O que é a intenção do prefeito no momento.” – informou-nos um comerciante local.

Para acirrar ainda mais a polêmica, nesta segunda-feira (14), o jornaldoflavioalmeida.com publicou que “Informações seguras dão-nos conta de que a atual administração não distribuirá cestas de alimentos de Natal, sob alegação de que precisa economizar para pagar o 13º salário do funcionalismo municipal.” – e ainda cobrou da presidência do SINTRASPPA uma posição quanto a essa justificativa.

Penetrando (no bom sentido, lógico) na máquina do tempo, vamos voltar ao ano de 2008 onde, no mês de dezembro (portanto, há um ano), o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Patrocínio enviou ao então prefeito (JulElias) um atencioso ofício solicitando que o alcaide realizasse a entrega de Cestas Básicas de Alimentos aos servidores públicos contratados, estáveis, efetivos, aposentados e/ou pensionistas em comemoração ao Natal. A correspondência foi publicada com destaque na página 16 do jornal ‘Gazeta’ de 14 de dezembro de 2008 e registrada aqui no MAISUMONLINE

O interessante foi que, na missiva, o SINTRASPPA destacou com relevância o fato de que o ex-prefeito Betinho, quando de seus 8 anos à frente do Executivo Municipal (1997/2000 e 2001/2007) “não deixou faltar as Cestas Básicas de Alimentos nas mesas das centenas de famílias de servidores e dos idosos aposentados do IPSEM.”

Pelo que se sabe, Betinho foi um dos principais artífices da vitória do governo 23 nas urnas e é tido, havido e respeitado como um dos conselheiros e principais mentores de Fausto & Lucas neste início de mandato. Simpatizantes do governo 23 estão estranhando o distanciamento do emblemático líder neste especial episódio.

Fechando a conta e passando a régua, nem é preciso dizer que os funcionários municipais, em sua grande maioria, estão achando a ação do SINTRASPPA muito tímida agora em 2009, contrastando com as ações contundentes do Sindicato durante todo o mandato de JulElias, “Se não ganharmos realmente a Cesta do Natal será a segunda que não receberemos no ano, pois a do dia do servidor público (28 de outubro), também não recebemos. E o Sindicato ainda não se manifestou.” – disse cabisbaixo, sorumbático e meditabundo um funcionário municipal de carreira, bastante desiludido com o atual governo.