17/11/2008

PROPRIETÁRIO DA GAZETA CRITICA ATITUDE DE JÚLIO ELIAS

Em sua coluna ‘Comentários’ do último sábado (15), o diretor proprietário do jornal “Gazeta’, advogado Luciano Capuano, criticou a atitude do atual futuro ex-prefeito, Júlio Elias, de oficiar o prefeito eleito, Lucas Siqueira, anunciando a possibilidade do Executivo enviar, ainda neste final de ano, projeto de lei para a Câmara possibilitando que os benefícios prometidos aos funcionários municipais por Siqueira durante a campanha possam ser cumpridos de imediato, assim que começar o ano de 2009.

Capuano comentou a importância do retorno desses benefícios aos servidores municipais, mas lembrou que foi o próprio Júlio Elias que os retirou, logo no início de 2005, alegando ‘inviabilidade econômica para seu cumprimento’. “Não acho justo que agora Júlio Elias quera fazer caridade com chapéu alheiro”, confidenciou o causídico a um grupo de amigos.

Segundo o diretor-proprietário da Gazeta, Júlio Elias está errado em querer ‘impor’ ao futuro prefeito o início imediato dos pagamentos aos servidores sem que ele conheça a realidade financeira do governo herdado e os impactos econômico que o pagamento desses benefícios iriam causar.

Capuano ressalta que ‘Após tomar posse, Lucas é quem deverá, depois de conhecer as receitas e despesas do município (e isso levará alguns meses) determinar quais os benefícios que foram retirados do servidor poderão retornar, sem comprometer a execução do orçamento municipal”.