21/05/2014

Saúde deverá encerrar atendimento noturno de UBS’s

Em entrevista ao Sistema Difusora de Rádio, o médico Carlo Nassen Rossi, atual secretário de Saúde do município, avaliou que funcionamento de Unidades de Saúde em horário estendido (noturno) ‘não vingou’.

Sendo assim (e assim sendo) – pelo que parece – o serviço que teria por objetivo desafogar o Pronto Socorro Municipal deve ser suspenso.

Segundo o secretário, “Esse tipo de funcionamento foge o padrão preconizado pelo Ministério da Saúde” e estaria desperdiçando recursos financeiro e humano. “Detectamos picos de atendimento no Pronto Socorro de pacientes residentes nos bairros onde essas unidades estão com o funcionamento noturno.” – registrou dr. Carlo Rossi.

Indicação de Sanarelli

A indicação para a implantação do ‘horário estendido das unidades de saúde’ foi feita em 2010 pelo então vereador Alberto Sanarelli, eleito pelo PPS, partido do prefeito Lucas Siqueira.

O projeto, porém, somente começou a funcionar em junho de 2011, quando o proprietário do POL era presidente da Câmara Municipal.

Segundo vereador mais bem votado do pleito de 2008, quando recebeu 1.472 votos, Sanarelli não alcançou a mesma aprovação popular no pleito de 2012, quando obteve 801 votos. Atualmente, figura na primeira suplência do PPS.