27/09/2010

Segundo IMA, Minas Gerais supera a média nacional de recolhimento de embalagens vazias de agrotóxicos

Minas Gerais recolheu de janeiro a agosto de 2010, um total de 1.890.576 quilos de embalagens vazias de agrotóxicos que poderiam causar impactos negativos ao meio ambiente. Esse número representa um aumento de 24,1% no índice de recolhimento no estado, o que supera a média nacional de 13,8% comparado com os sete primeiros meses de 2009.

Durante esse período, Minas recolheu e reciclou 366.595 quilos a mais de embalagens que no ano anterior. O estado é o 6º do Brasil que mais retirou embalagens vazias de agrotóxicos do campo. E a meta para 2010 é recolher 2.100.000 quilos destes recipientes.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) é o órgão responsável por fiscalizar o uso e armazenamento de agrotóxicos em todo o estado, o que inclui a devolução de embalagens vazias do produto. Para que qualquer tipo de agrotóxico seja utilizado em território mineiro, é necessário autorização do IMA após registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Pesquisas do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev) apontam que, além de Minas Gerais, os estados que mais retiraram embalagens do campo nesses sete primeiros meses do ano, foram Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Goiás.

Segundo o responsável pela área de agrotóxicos da Gerência de Defesa Vegetal do IMA, agrônomo Thales Fernandes, o estado deve superar a meta de recolhimento até o fim do ano. “Minas retira uma média de 100 mil quilos de embalagens vazias por mês e até o momento, já retiramos quase 1.900.000 quilos desse material em todo o estado”, informa.

De acordo com o diretor geral-do IMA, Altino Rodrigues Neto, o trabalho de recolhimento de embalagens colabora diretamente com a preservação do meio ambiente e melhora a qualidade de vida da população que mora no campo. “Para um trabalho efetivo de fiscalização o IMA realiza campanhas educativas em todo o estado para conscientizar proprietários rurais e comerciantes sobre a importância de utilizar corretamente o agrotóxico”, afirma.

Registro

Todo estabelecimento comercial e prestador de serviço de aplicação de agrotóxico em Minas Gerais, tem que obter o registro no IMA e o certificado deve ser afixado em local visível.

É obrigação do comerciante receber todas as embalagens de agrotóxico vendidas em seu estabelecimento, sendo responsável por elas até o recolhimento pelo fabricante. Caso não tenha condições de receber as embalagens no local onde se realizam as vendas, o comerciante deve disponibilizar e indicar uma unidade de recebimento (posto ou central), levando em consideração que as condições de acesso não devem dificultar a devolução pelo usuário.

Por se tratar de produto tóxico para o homem, animais e meio ambiente, o agrotóxico exige cuidados especiais na sua armazenagem, comercialização e uso, podendo ser adquirido, somente, com a apresentação da receita agronômica, emitida por profissional legalmente habilitado.

Assessoria de Comunicação Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA