24/03/2010

Segundo secretário Tiago Miranda, Bretas poderá arrematar, em hasta pública, lote do antigo DER e se instalar em Patrocínio

O imbróglio da instalação do Hipermercado Bretas, ao que parece, poderá ser solucionado dentro em breve. Em entrevista ao Jornal da Módulo FM desta terça-feira (23) o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, Tiago Miranda, disse ao repórter Jânio Luiz que acredita que o Bretas seja mesmo instalado na cidade.

“Esse assunto do Bretas é recorrente, né… Dá até pra se fazer uma novela. A negociação com o Bretas está no mais alto nível possível. Anteriormente foram feitas várias coisas que foram travadas na justiça e agora o assunto Bretas está na Procuradoria da prefeitura, o procurador do município está tomando todas as providências.”

“Eu acredito particularmente que o Bretas venha para Patrocínio de qualquer forma. A prefeitura quer e luta muito para que não só o Bretas seja instalado na cidade, mas que vários outros investimentos venham para Patrocínio. Agora, a gente não sabe em que área que o Bretas vai se instalar. Por exemplo, o terreno lá do antigo DER, ele vai passar por uma hasta pública. Se o Bretas quiser arrematar aquele terreno ele pode fazer isso e se instalar realmente na cidade.”

“Nós estamos devendo um valor ao Bretas, todo mundo sabe disso, o valor que ele (o grupo Bretas) pagou pelo lote da antiga rodoviária que depois foi devolvido ao município. Então esse valor será descontado do Bretas caso ele arremate, em hasta pública, qualquer terreno da prefeitura. É uma negociação. Agora tudo está sendo feito dentro de um certo sigilo, pois o nosso jeito de trabalhar é um jeito de menos foguetes e mais de atos. Primeiro nós vamos fazer para depois soltar foguetes.”

“Essa negociação gerou muito transtorno, tanto para o Grupo Bretas quanto para a prefeitura. Uma especulação, um terrorismo, uma coisa inexplicável. Por exemplo, o Barbosão. O Barbosão veio, alugou uma loja grande e tá lá vendendo muito bem, feliz da vida… E eles estão pretendendo um segundo investimento na cidade.”

“O Bernardão, por exemplo, está construindo um grande empreendimento no Bairro Morada Nova… Então gente, a gente tem que parar de ser fogueteiro, a gente tem é que fazer acontecer. Não podemos fazer com que a prefeitura passe por situações vergonhosas como foi, no passado, com essa situação do Bretas e com outras questões no município.” – finalizou Tiago Miranda.