26/05/2014

Silas trava embate judicial com sites de notícia nacionais

Através de seus advogados, o deputado federal e presidente da CNC Silas Brasileiro está travando uma batalha judicial com dois sites de notícias de expressão nacional, o ‘Brasil Post’ (da Editora Abril) e o ‘Transparência Brasil’.

O motivo é a inserção de seu nome no roll dos políticos ‘fichas sujas’.

O parlamentar teria exigido dos citados sites que retirassem de seus arquivos uma matéria específica que citava Silas como um dos “17 políticos para você não esquecer que são fichas sujas no Congresso”.

Informações dão conta de que, em primeira instância, os advogados de Silas perderam a batalha, pois as ações tiveram seu provimento negado. Após recorrerem em instâncias superiores, conseguiram a expedição de cartas precatórias e retiraram a matéria do ‘Transparência Brasil’. O texto do ‘Brasil Post’ ainda resiste e persiste.

Nas eleições de 2010, Brasileiro conviveu de perto com o dissabor de ter seu nome incluído na lista dos ‘fichas sujas’. Segundo analistas da política local este foi o grande motivo de sua derrocada nas urnas.